Mondays, oh mondays!

21 de maio de 2018
Blazer CAPSSULA

As segundas são sempre de difícil arranque, mas nós sabemos que também existe felicidade nas imperfeições.
Infelizmente o blogue, com este novo projecto - do qual já vos falei aqui - acabou por ficar um bocadinho parado. Nunca o fechei totalmente, nem pondero sequer fazê-lo porque acredito um dia conseguir retomá-lo de uma forma mais activa.
Felizmente consigo gerir um projecto - a marca CAPSSULA - que amo! Acho (certeza absoluta) que o segredo é mesmo esse para conseguir gerir tudo sozinha.

Este blazer é o reflexo disso mesmo. Uma peça em que cada detalhe conta, cada ponto é dado com o máximo cuidado, onde predominam a classe e o conforto e onde as cores nos dão a energia necessária para assumir com toda a confiança mais uma semana ;)

"Mondays are for fresh starts"

Para mais informações contactar através do email capssula.info@gmail.com

Não deixem de nos seguir:
Facebook CAPSSULA
Instagram @capssulaofficialportugal

O stress faz bem!

3 de abril de 2018
(imagem via Pinterest)

De volta ao activo e à correria do costume.

Nada melhor que uma curta pausa para descansar, organizar ideias e pôr em prática técnicas de melhoramento da qualidade de vida. Assim se passaram estes dias.

Estranho o título desta publicação?

Desde quando é que o stress faz bem à saúde?!!
Desde o momento em que começaram a ler este post!
Não, não estou doida. Actualmente o termo stress foi de tal forma banalizado, ao ponto de servir para justificar tudo e nada. O excesso de velocidade com que conduzimos o nosso dia-a-dia, é a desculpa perfeita para que este "intruso" faça parte da nossa vida. É mesmo caso para dizer: "ele está no meio de nós". E em tudo...

Termos técnicos à parte e exclusividade do assunto para os profissionais da área - longe de mim assumir tal papel - a verdade é que me vi obrigada a encontrar estratégias para converter este inimigo, no meu maior e mais poderoso amigo. Era isso, ou o preço a pagar pelas consequências de deixá-lo controlar a minha vida, poderia ser bastante elevado.
Os sinais físicos são os primeiros a aparecer, sinais tão leves e comuns que existe, inconscientemente, uma desvalorização dos mesmos, até ao momento de perceber que, passo a citar: "uma exposição crónica a hormonas do stress podem enfraquecer de tal forma o sistema imunitário e alterar a estrutura dos cromossomas". Poderá ser esta a resposta ao aparecimento de doenças graves numa pessoa com estilo de vida altamente saudável? 

Decidi que queria aprender a tirar proveito do stress e passei a aproveitar-me dele. Como? O segredo está na forma como o encaramos: como desafio (positivo) ou como ameaça (medo). É aqui que temos a distinção entre o "bom" e o "mau" stress. Se "ele" me impede de realizar as minhas tarefas diárias, o efeito é negativo. Se pelo contrário me leva a agir, há uma aceitação das adversidades como desafios.
Claro que a forma como lidamos com as emoções associadas ao stress está bastante ligada à personalidade de cada um, no entanto até o diamante mais bonito e valioso tem que lapidar arestas :)

O mesmo acontece com o ser humano. Temos uma capacidade extraordinária de nos adaptarmos às mais diversas "catástrofes".

Deixo-vos algumas das inúmeras sugestões que podem ser úteis para controlar o stress:

1. Identificar o motivo, não a maneira como se manifesta;
2. Respirar calmamente;
3. Expor os medos à luz do dia (a melhor forma de vencer o medo é enfrentá-lo);
4. Conhecer os limites (saber parar  e dizer não no momento certo);
5. Pedir ajuda (não é sinal de loucura, é sinal de que existe uma tomada de consciencia);
6. Transpirar mais (30 minutos por dia de exercício físico são suficientes).

Espero ter conseguido passar a mensagem e que consigam, tal como eu, aprender a usar a pressão a vosso favor e assim ter mais qualidade de vida.

BOA SEMANA!

Radar

28 de março de 2018
Sapatilha sola larga Zara


Acho que estou a ficar mais do que rendida a este estilo - dad shoes!!!

O "meu radar" anda a captar sempre a mesma coisa e estas lindinhas estão indisponíveis nas lojas mais próximas de mim mas disponíveis online.

É muita a tentação...

Tentações à parte, aproveito para desejar a todos desse lado um óptimo descanso (se for caso disso) e uma óptima Páscoa :)