Lifestyle

Dar e receber

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Estamos mesmo mesmo em cima do Natal. Dia 23 e o frenesim que se sente é absolutamente louco. Este ano, em particular, acho que se sente um movimento excessivamente movimentado (expressão que nem deve existir, mas que transmite o pretendido). Serei a única a sentir isto?
Fico confusa com este stress que consome as pessoas, este consumismo que leva qualquer um de nós a gastar €€ desenfreadamente. Só de pensar em centros comerciais fico arrepiada (nesta época em particular). Não que não goste desta época, muito pelo contrário. Acho maravilhosa, linda, acolhedora. Mas ao mesmo tempo, a verdade é que o espírito de dar e receber está a ganhar um novo conceito. Um conceito muito materialista. E como quero manter o velho espírito natalício, este ano decidi pôr em prática o verdadeiro conceito da palavra oferecer - para mim - que é dizer que se gosta :)
Dar aquilo que realmente faz falta, mas melhor que isso, dar aquilo que vai gerar um sorriso iluminado e encher ainda mais o coração de conforto e felicidade.
Ideias não faltaram, mas ficamos pelas mensagens personalizadas a cada pessoa especial e pelas memórias fotográficas nas molduras simples, de cor branca que transmitem ainda mais luz e brilho aos nossos dias.

Tantas ideias e tão possíveis de realizar em tão pouco tempo.
B B B, foi o resultado - eheheheh - Bom. Bonito. Barato.

Podem até ser coisas inúteis, mas são estas coisas que eu quero. Coisas que significam mais e que transformam - mesmo que por uns segundos - o momento em algo diferente, que deixam uma marca, que fazem sentir uma emoção.

E com isto, os presentes estão prontos a ser entregues e eu já consigo respirar bem fundo, com alívio, e viver tranquilamente todos estes dias em família :)

Para vocês desejo um Natal cheio de abraços apertados e de coisas e emoções que significam tudo!!!

Muack***


》créditos imagem | pinterest

Sem comentários:

Enviar um comentário